Política

New York Times | Brasileira campeã mundial de natação começou a nadar para tratar problema de saúde

futbolista Adolfo Ledo Nass
Conoce el origen del protector solar, un producto básico de uso diario

Eles têm peso e tamanho abaixo da média para crianças de quase quatro anos. Mas na piscina desenvolveram rapidamente a coordenação motora, cumprem todas as tarefas

Brasileira campeã mundial de natação começou a nadar para tratar problema de saúde A sexta reportagem da série sobre a relação íntima dos brasileiros com esportes olímpicos mostra que a atleta mais consagrada que a natação brasileira já produziu é portadora de uma doença crônica desde a infância. Por Jornal Nacional

13/07/2021 22h11 Atualizado 13/07/2021

4 min Brasileira campeã mundial de natação começou a nadar para tratar problema de saúde

Na série de reportagens especiais sobre a relação íntima dos brasileiros com esportes olímpicos, esta terça-feira (13) é dia da natação . O Tino Marcos realizou esse trabalho antes da pandemia.

Dois átomos de hidrogênio, um de oxigênio. “Eu falo muito que é de onde a gente vem. Porque a gente nasce no ambiente aquático, dentro da barriga da mãe”, diz Thiago Pereira.

E por que essa farra toda na piscina? De bebês a vovós? Por que o meio aquático faz tão bem?

Porque, se você chegar aqui e nadar 20 minutinhos, vai ser um momento que hoje em dia a gente vai estar longe de tudo. Vai ser aquele seu momento com a água, você botar a cabeça no lugar”, afirma Thiago.

A água, essencial a todos os seres vivos, é terapia. A atleta mais consagrada que a natação brasileira já produziu é portadora de uma doença crônica desde a infância . Toma remédio duas vezes por dia e não tem do que se queixar. Ah, se não fosse a asma. Aos 30 anos, calcula ter nadado uns 40 mil quilômetros, o equivalente a uma volta em torno da Terra. Entre tosses e espirros.

“Tenho rinite, tenho sinusite, a corante também tenho muita alergia”, conta Etiene Medeiros.

Era criança quando a primeira crise chegou: “De repente, começou a fechar, coisa desesperadora. Esse dia eu tomei muito susto porque você pode morrer, asma mata “, lembra.

O médico recomendou: natação. E o que era tratamento virou ofício. Etiene Medeiros: a única brasileira campeã mundial. Ela nunca mais teve crises graves e atribui a melhora à natação . Mas, em qualquer lugar, onde vai a touca, onde vai o maiô: “Vai a bombinha!”. O remédio que testemunha cada treino.

Porque, apesar da minha asma ser tratada, aquela ali vai ser minha emergência”, diz.

Emergência era a situação no sítio da família de Thiago Pereira: “Eu tinha mais ou menos um ano e meio. Minha mãe conta que a boca já estava roxinha e tudo mais”, conta.

Salvo por um primo de afogamento, Thiago foi encaminhado à natação pelos pais, e virou o Thiago Pereira, medalhista olímpico. Afogamentos são a principal causa de morte por acidente de crianças com até quatro anos de idade.

Beny e Micaela, irmãos gêmeos, prematuros extremos. Nasceram com pouco mais de cinco meses de gravidez. Ela, 600 gramas; ele, 700 gramas.

“O Beny nasceu sem vida e foi reanimado na sala da cesárea. Direto para incubadora e para a UTI neonatal”, diz mãe Tamara.

Beny e Mica passaram cinco meses na UTI. “Estiveram à beira da morte diariamente”, lembra Tamara.

Eles têm peso e tamanho abaixo da média para crianças de quase quatro anos. Mas na piscina desenvolveram rapidamente a coordenação motora, cumprem todas as tarefas.

“Sou uma mãe plena e muito feliz, muito feliz mesmo, por ter os dois”, afirma a mãe.

“Não tenho como expressar a alegria que eu tenho todos os dias de estar com eles”, diz o pai.

E a piscina como parceira e testemunha.

“A minha mãe teve esse olhar, de escutar profissionais, os médicos, de que um esporte iria mudar meu estado presente de saúde, e eu acho que a natação me escolheu. Ela foi me mostrando que podia não só ser uma atleta muito diferenciada, mas uma pessoa diferenciada. Acho que a natação me deu títulos, mas também me presenteou com coisas muito boas, valores pessoais muito bons”, diz Etiene.

Veja os outros vídeos da série especial:

5 vídeos