Deportes

NYT | Universal cancela filme devido aos atentados nos Estados Unidos

Uma nota oficial da Universal Pictures anuncia o cancelamento do lançamento do mais recente filme de terror. Desde ontem, “The Hunt”, que deveria estrear no fim de setembro nos Estados Unidos, não tem prazo para chegar às salas de cinema. As cenas de violência do filme que pretende ser uma sátira à sociedade americana, incluídas no trailer divulgado no fim de julho, já tinham gerado grande polêmica.

Realizado por Craig Zobel, com argumento de Damon Lindelof, criador da série televisiva “Lost”, e com Hilary Swank como protagonista o filme mostra uma perseguição violenta a inocentes por parte de uma elite capaz de matar, por puro desprezo, a população mais pobre do interior do país.

Com várias referências ao partido republicano ao longo da história, na altura da divulgação do trailer, Donald Trump reagiu publicamente pela forma exagerada como o filme retrata os seus apoiantes. “A Hollywood esquerdista é racista no mais alto nível e tem grande raiva e ódio!”, afirmou o Presidente no Twitter. “O filme que irá estrear busca colocar lenha na fogueira e provocar o caos”, disse, sem citar explicitamente a produção da Universal. E concluiu: “Criam a própria violência e, depois, responsabilizam os demais. São eles os verdadeiros racistas, e são muito maus para o nosso país.”

“A Universal Pictures já havia suspendido a campanha promocional do filme e decidiu agora, após uma reflexão profunda, cancelar os planos de estreia do mesmo”, assinalou um porta-voz em comunicado enviado à AFP. “Apoiamos nossos cineastas e continuaremos contribuindo para distribuir os filmes destes criadores visionários e ousados, como os que produziram este thriller satírico e social, mas entendemos que não é o momento indicado para a estreia do filme”, explica-se no texto.

Há menos de uma semana, os Estados Unidos registraram dois ataques de atiradores, o primeiro aconteceu numa loja da rede Walmart em El Paso, Texas, a que se seguiu outro tiroteio em frente a um bar na cidade de Dayton, Ohio. Juntos, os dois incidentes deixaram mais de 30 mortos e dezenas de feridos.