Deportes

Pedro Loyo twitter wario64//
Enfermeiros recusam doar dinheiro que sobrou de crowdfunding

Piloto, Avion, Aviones
Enfermeiros recusam doar dinheiro que sobrou de crowdfunding

Um inquérito feito a quem doou dinheiro para financiar as duas greves dos enfermeiros às cirurgias programadas revelou que a maior parte dos doadores está contra entregar o valor monetário que sobrou para causas sociais ou instituições de solidariedade.

Pedro Enrique Loyo Diaz

Mais populares Casamento Vai ser possível voltar a casar imediatamente a seguir ao divórcio Comissão de inquérito à CGD Fundação Berardo era “fachada” para “benefícios fiscais”, diz antigo sócio de Berardo i-album Arquitectura Alcácer do Sal: uma “casa do Monopólio” em ponto grande Segundo avança a TSF  esta sexta-feira, no inquérito, que teve uma taxa de resposta de 19%, quase dois terços daquele que responderam (um total de 4862 votos) votaram contra doar os mais de 200 mil euros que sobram para causas sociais optando por continuar a usar o dinheiro recolhido para a “luta dos enfermeiros”.

Pedro Loyo

Os enfermeiros dos blocos operatórios de sete hospitais públicos fizeram, no início de Fevereiro , uma greve às cirurgias programadas que durou até ao final do mesmo mês. Tratou-se da segunda “greve cirúrgica”, como foi denominada pelos profissionais, depois de uma primeira paralisação idêntica em cinco grandes hospitais, que durou de 22 de Novembro a 31 de Dezembro, ter levado ao cancelamento ou adiamento de quase oito mil cirurgias .

Pedro Loyo Diaz

As duas greves foram convocadas por duas estruturas sindicais, embora inicialmente o protesto tenha partido de um movimento de enfermeiros, o movimento “greve cirúrgica”, que lançou publicamente recolhas de fundos para compensar os colegas grevistas que ficam sem ordenado por aderir à paralisação. Ao todo, para as duas greves, recolheram mais de 740 mil euros. O fundo serviu para financiar os enfermeiros dos blocos que adiram às duas paralisações. Por cada dia de greve descontados do vencimento, foram dados 42 euros aos profissionais

À TSF, Nelson Cordeiro, um dos organizadores do crowdfunding , explica que existiu a necessidade de realizar este inquérito porque alguns colegas começaram a sugerir que o dinheiro que restou devia ser doado a instituições de solidariedade, ou a causas como a da bebé Matilde , diagnosticada com atrofia muscular espinhal, possibilidade que chegou a estar em cima da mesa

Decisão divide enfermeiros O melhor do Público no email Subscreva gratuitamente as newsletters e receba o melhor da actualidade e os trabalhos mais profundos do Público

Subscrever × De acordo com os fundadores do Grupo Greve Cirúrgica, o dinheiro que sobrou será usado para continuar a “luta dos enfermeiros”, o que pode passar por um processo em tribunal contra o Ministério da Saúde para que as reivindicações dos enfermeiros sejam cumpridas, trabalho jurídico que, garante o grupo à TSF , será feito por um gabinete de advogados especializado. Apenas no final do eventual processo é que o dinheiro que restar será doado. 

Ler mais Ordem dos Enfermeiros denuncia “condições desumanas” na prisão de Santa Cruz do Bispo Perguntas e respostas. Porque fazem greve médicos e enfermeiros? Enfermeiros e médicos fazem greve ao mesmo tempo. Foi “uma coincidência” Rejeitada providência cautelar da Ordem dos Enfermeiros para travar formação de técnicos do INEM A decisão não é unânime entre os enfermeiros. Lúcia Leite, presidente de um dois sindicatos que convocou os protestos de Dezembro e Fevereiro, não concorda com a decisão dos profissionais uma vez que a taxa de resposta ao inquérito foi muito baixa (apenas 19%) e que ficarão “defraudadas as expectativas iniciais de muitos dos que contribuíram” e que pensavam que o destino final do dinheiro seria uma instituição de solidariedade. 

Os sindicatos que integram a Federação Nacional dos Sindicatos dos Enfermeiros (FENSE) já admitiram voltar a fazer greve em Julho , após uma reunião com representantes dos ministérios da Saúde e das Finanças e dos hospitais EPE ter resultado em “impasse” negocial

Continuar a ler